5 Passos para ter Pacientes Satisfeitos

Postado em
5 passos para ter pacientes mais satisfeitos

O mercado de fisioterapia vem se expandindo e tornando-se muito competitivo ao longo das últimas décadas. Segundo o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO), em 2017, já eram mais de 240 mil profissionais registrados. Com o aumento desse número, ter pacientes satisfeitos requer muitos cuidados, além de ter que se manter sempre atualizado.

Algumas das queixas mais comuns que atrapalham uma clínica a ter pacientes satisfeitos são: a falta de organização da clínica e a pouca confiança que o paciente sente ao realizar um tratamento. A organização falha, muitas vezes significa atrasos de atendimento e falta de horários disponíveis para o público. Enquanto a pouca confiança, surge de clínicas com ambientes pouco estruturados ou pouco acolhedores e devido a falta de controle do paciente sobre seu tratamento, por vezes pautado em subjetividades e achismos.

Apesar de parecer difícil manter pacientes satisfeitos com o serviço entregue a ele, não é impossível e é muito importante para o sucesso do seu negócio. Pacientes satisfeitos podem se tornar fiéis a sua clínica, voltando periodicamente. Além de, divulgarem e indicarem seu trabalho para novos pacientes.

Para te ajudar, nós reunimos 5 dicas para sua trajetória em conseguir ter pacientes mais satisfeitos:

1. Organização e Comunicação

Atualmente, existem diversos sistemas eletrônicos de agenda eletrônica. Esse tipo de tecnologia ajuda a evitar erros e confusões com horários, falha em processos e até perda de dados. Além disso, muitos desses sistemas ainda possuem lembretes programados para confirmação de consulta e lembretes de horário. Portanto, o relacionamento paciente e fisioterapeuta fica mais claro, seguro e acessível.

Organização no Atendimento
Organização no Atendimento

2. Identidade

Ter uma marca consolidada é essencial para que você tenha pacientes satisfeitos. As cores, as letras, como sua marca se comunica, tudo isso e muito mais fala sobre quem sua marca é, os valores dela e sua personalidade. Ter uma identidade de marca gera uma conexão que entre paciente e serviço. Cria-se uma relação de confiança porque seu paciente sabe o que pode esperar de você, sabe o que sente quando é atendido e confia no serviço que será entregue.

3. Entenda seu público

Saber quem são seus pacientes, a faixa etária, qual sua profissão, onde mora, preferência de horário de atendimento é muito importante. Tanto para o sucesso do seu negócio como para deixar os pacientes satisfeitos. Desta forma, você pode identificar possíveis pontos de melhoria na sua clínica. Por exemplo: se seus paciente são mais pessoas idosas, aposentadas, que tem preferência pelos primeiros horários da manhã, você pode colocar uma quantidade maior de profissionais realizando atendimento nesses horários. Ou, seus pacientes são em sua maioria atletas, que procuram seu negócio para tratar de lesões semelhantes, você pode contratar um profissional especialista.

São pequenas mudanças na rotina da clínica, na disposição de horários, nos profissionais que realizam atendimento, nas especialidades oferecidas, mas que podem fazer uma grande diferença na experiência do seu público.

4. Atendimento

A maneira como o atendimento aos pacientes é feito é de extrema importância para o sucesso de seu negócio. Como eles são recebidos, recepcionados e atendidos pode ajudar a ter pacientes satisfeitos. Ademais, um bom atendimento pode incentiva-los a recomendarem a sua clínica.

Atendimento de Qualidade
Atendimento de Qualidade

5. Dê retorno aos pacientes

A fisioterapia no geral, por vezes, é muito pautada em generalizações e suposições. A falta de muitas, e inacessibilidade algumas de tecnologias que permitam tratamentos e avaliações precisas é um grande fator de insatisfação entre profissionais e pacientes. Para o profissional, não ter controle sobre a evolução do paciente pode dificultar na prescrição de treinos e na efetividade dos mesmos. Além de, o impossibilitar de entregar ao paciente, um feedback claro do trabalho que está sendo realizado, o que pode levar a menos pacientes satisfeitos.

Portanto, procure aprimorar sua maneira de diagnósticos e acompanhamentos. Investir em equipamentos pode resultar em um maior embasamento a qualidade do seu serviço. Gerar pacientes satisfeitos e até mesmo, indicações. Contudo, fazendo esse tipo de investimento ou não, procure sempre dar algum tipo de retorno aos pacientes quanto ao tratamento.

Ficou alguma dúvida? Preencha o formulário abaixo e fale conosco!